Kinesio Taping

A Banda Neuromuscular surgiu nos anos 70 na Ásia, mais precisamente na Coréia e no Japão.

Princípios da quiropraxia e cinesiologia deram origem ao desenvolvimento de um novo método, baseando-se no princípio de que o movimento e atividade muscular são imprescindíveis para a recuperação e manutenção da saúde.

Segundo este método, os músculos além de serem necessários para os movimentos, também influenciam as circulações sanguínea, linfática e a temperatura corporal. E quando estes músculos não funcionam bem, isto pode provocar toda uma variedade de desconfortos e lesões.

 

A banda neuromuscular é uma banda elástica que auxilia a função muscular sem limitar os movimentos e/ou amplitude de movimentos. Assim, quando aplicado de forma correta, é útil no tratamento de patologias crônicas assim como nas fases imediata e tardia dos pós-operatórios.

Durante o desenvolvimento do método das Bandas Neuromusculares, tornou-se evidente a possibilidade de várias técnicas de aplicação, que inicialmente pautava-se na aplicação de Bandas Neuromusculares em técnicas musculares. Utilizando-se diferentes técnicas de Banda Neuromuscular, vários efeitos podem ser atingidos. Um dos efeitos mais importantes é a analgesia (redução da dor), pela diminuição da pressão e melhora da circulação.

A Banda Neuromuscular é uma fita elástica de algodão com uma camada adesiva anti-alérgica.(Não possui medicamento). Tem uma elasticidade de até 140% e se iguala à elasticidade da pele. A espessura e o peso da fita também são comparáveis com as da pele.

É fundamental destacar que o método das Bandas Neuromusculares é mais uma ferramenta ao dispor do Fisioterapeuta e atuam como complemento das rotinas de tratamento.

 VOLTAR
Anúncios